Tagged saudade

Aqui e lá

Todas as noites, o ritual de ir para a cama começa com livro e termina comigo cantando (pobres!) para as crianças dormirem. E canto de tudo um pouco: das tradicionais Se essa rua fosse minha, O cravo brigou com a rosa, passando pela Galinha Pintadinha e chegando nas músicas de gente grande, de Chico Buarque a Dorival Caymmi, às vezes até incluo no repertório marchinhas de Carnaval. Mas outro dia me ouvi cantando o Hino da Bandeira! Assim sem mais, nem menos! “Recebe o afeto que se encerra                                                   No nosso peito juvenil                                                   Querido símbolo da terra                                                   Da…

Direto da terra da saudade

Neste domingo, Bento acordou às cinco da manhã e só deixou os habitantes da casa dormirem porque topou ficar na cama ouvindo música. Às oito horas, ouvi seus passos invadindo o quarto em que estava a vovó Graça. Ele ansioso com a partida, ela resfriada, sem energia. Era hora de arrumar as malas. Ela, como eu, detesta esse pedaço da viagem. A cada chegada de uma avó, percebemos uma nova família que as recebe. Aqui Bento já mudou de escola, Vicente chegou ao mundo, nós viramos pais de dois, vivemos a onda de trabalho novo, sem trabalho, novos projetos, sem…