Tagged parto

Dois anos

Segunda-feira, sete de abril, Carol vai fazer dois anos. Domingo de tarde vamos celebrar com uma festa no parque. Vai ter bolo, brigadeiro, beijinho de coco. Vai ter quibe e pão de queijo. Vamos comemorar os dois aninhos de uma das melhores surpresas das nossas vidas. Surpresa porque a gravidez da Carol não foi planejada. Descobri que estava grávida quando Hugo tinha apenas nove meses! E só aconteceu porque acreditamos no que três médicos diferentes nos contaram: que eu dificilmente seria mãe de forma natural. Sim, Hugo nasceu de uma inseminação artificial depois de três anos de tentativas. Um processo longo, duro,…

Nascer na Espanha

Aproveitando a deixa da Roberta, minha companheira de blog, que narrou lindamente o nascimento da pequena Marina no Peru, conto como foi parir na Espanha, uma experiência absurdamente ruim, no caso do Hugo, e naturalmente fácil, no caso da Carol. E ao contrario do que dizem, que uma mãe esquece a dor quando vê a cara do filho, posso assegurar que minha experiência no primeiro parto foi tao horrorosa que me custou um bom tempo recuperar-me emocional e fisicamente. E eu não esqueci. Sempre confiei na saúde pública. No Brasil, tenho duas irmas e um cunhado médicos. Excelentes profissionais à…

A chegada de Marina

Ela chegou de mansinho, justamente para testar a minha paciência que tanto faltou no final da gravidez (vide meu último post). “Mamãe tá ansiosa? Pois vou tratar de complicar um tiquinho mais isso para ela aprender a ter mais paciência…”, certamente já havia todo um plano na cabecinha dela e de Deus. 38 semanas de gravidez e de ansiedade. Foi no início de uma manhã que ela começou a dar os sinais de que estava pronta para vir ao mundo. O tão esperado segundo parto normal estava para acontecer, e se tudo corresse bem, seria naquele dia, e se Deus…

Momento de (falta de) paciência

   A paciência nunca foi uma virtude minha. Sempre tive que trabalhar isso dentro de mim. Houve um tempo que eu não tinha paciência nem de desenvolver a paciência. Hoje, muita coisa mudou. Há exatos 3 anos vivo uma vida muito mais tranquila. E o mais importante, me tornei mãe. Duas mudanças importantes na minha vida que contribuíram não só para eu ser uma pessoa menos ansiosa, mas principalmente para ser uma pessoa mais feliz. Mas, há algumas semanas essa paciência, que estava toda certa que havia encontrado, sumiu. A cada contração, a cada vez que entro no quarto da…