Tagged Espanha

Destacado

O problema YouTube

A mãe de um companheiro de rugby do Hugo chegou no treino segurando uma caixa de ferro. – Para que isto? – perguntei. – Mandei fazer – ela conta – aqui vamos colocar todos os aparelhos eletrônicos na hora de dormir. Fecharei com cadeado. É o único modo dos meninos não levantarem durante a noite…

Cierzo

Quando morava no Rio, não saía de casa sem escutar o repórter aéreo e ter notícias do estado caótico do trânsito. Em Recife, não ia à praia sem conhecer a hora da maré alta e saber onde poderia entrar no mar de forma segura, pelo medo aos tubarões. Em Zaragoza, não tem dia que não olhe a previsão da velocidade do vento. Estratégias de sobrevivência em cada cidade. O vento aqui tem nome e se chama Cierzo. E uma coisa que descobri é que vento com nome, não pode ser bom.  Pergunta aos gaúchos o que eles pensam sobre o…

Novas famílias

Minha mãe tem uma moça que trabalha em casa. Esta moça tem um filho de  oito anos. Vamos  chamá-lo de Paulo (nome fictício). O menino não tem pai. Como benefício ao salário de sua funcionária, minha mãe paga uma escola privada ao Paulo. Nas últimas férias em que estivemos no Brasil, era o mês de agosto e claro, mês em que se celebra o dia dos pais. Em uma sexta-feira, antes do domingo festivo, o menino chegou em casa contando que na escola fizeram uma grande festa para comemorar a data. Todas as famílias foram convidadas. Teve música, discursos, dança…

Bandeiras

Uns amigos deram de presente para Hugo uma camiseta com as cores da seleção espanhola de futebol. Uma camiseta perfeita, que além do vermelho e amarelo, ainda tem o Bob Esponja. Ele ficou super feliz e no dia seguinte pediu para vestir-la para ir à escola. Nacho quando o viu, perguntou: “_ Mas ele vai assim, com essa bandeira?” Eu não tinha reparado, mas a camiseta também tem a bandeira da Espanha, símbolo que ainda gera polêmica por aqui. Para a gente não tem muito sentido, porque nós nos orgulhamos da nossa bandeira e a colocamos em todos os lugares:…

Zaragoza

Sempre digo que uma das boas coisas de morar em Zaragoza é que aqui só nos visita quem  realmente quer ver-nos. Aqui não vem o amigo do vizinho, nem aquele conhecido que tomou uma cerveja comigo no Posto 9 há dez anos atrás e que descobre de repente que morre de saudades da minha pessoa. Coisa que certamente passaria se nossa moradia estivesse em Barcelona ou Madrid. Teria que aprender a dizer não, coisa sempre difícil para uma brasileira, principalmente para uma filha de nordestinos. (Uma das coisas que mais admiro nos espanhóis é sua facilidade para dizer simplesmente não.…

Nascer na Espanha

Aproveitando a deixa da Roberta, minha companheira de blog, que narrou lindamente o nascimento da pequena Marina no Peru, conto como foi parir na Espanha, uma experiência absurdamente ruim, no caso do Hugo, e naturalmente fácil, no caso da Carol. E ao contrario do que dizem, que uma mãe esquece a dor quando vê a cara do filho, posso assegurar que minha experiência no primeiro parto foi tao horrorosa que me custou um bom tempo recuperar-me emocional e fisicamente. E eu não esqueci. Sempre confiei na saúde pública. No Brasil, tenho duas irmas e um cunhado médicos. Excelentes profissionais à…

Na Espanha

Creio que a melhor forma para começar um blog  é se apresentando. Entao, vamos lá: eu me chamo Rosane Marinho, tenho 42 anos, carioca, casada e mâe do Hugo, de 3 anos, e da Carol, de um e nove meses. Sou fotógrafa, jornalista e professora de fotografia, e há quase nove anos vivo em Zaragoza, Espanha. A ideia do blog é contar e trocar experiências sobre como é criar brasileirinhos no exterior. Embora as comparações entre países sejam inevitáveis, não pretendemos construir nenhuma hierarquia, tipo “no Brasil é melhor” ou “no Brasil é pior”, mas simplesmente intercambiar histórias sobre essa grande aventura que é criar um filho (ou vários), que em todas as latitudes é maravilhosa em muitos momentos, e desesperadora, em…