By biagolzi

Destacado

Depois da chuva

“A cidade dos anjos, a grande cidade, a residência do Buda Esmeralda, a cidade inexpugnável (de Ayutthaya) de Deus Indra, a grande capital do mundo dotada de nove jóias preciosas, a cidade feliz, abundante em um enorme Palácio Real que assemelha-se à morada celestial, onde reina o deus reencarnado, uma cidade dada por Indra e…

Destacado

Em 2560.

Moramos no final de uma rua sem saída, cercados de muito verde na janela mais alta em que já vivemos (7o andar pode ser altíssimo para quem nunca morou em prédio com elevador) e segundo as crianças, estamos perto do céu. E às vezes até acho que estamos, mas vivemos mesmo a cinco minutos de uma…

Destacado

Eu vim de lá.

“Não é pouco saber dormir; para isso é preciso aprontar-se durante o dia. Dez vezes ao dia deve saber vencer-te a ti mesmo; isto cria uma fadiga considerável, e esta é a dormideira da alma. Dez vezes deve reconciliar-te contigo mesmo, porque é amargo, vencermo-nos, e o que não está reconciliado dorme mal. Dez verdades…

Destacado

Aprendiz

Já faz quase nove meses que assumimos a educação dos nossos filhos em casa. Há quase um ano, era o tema que temperava os preparativos para mais um Natal balinês. Neste que se aproxima, já em Singapura, é alimento concreto, escolha inusitada, para alguns tresloucada, mas aquela que hoje faz mais sentido para o nosso…

Destacado

O que vem, o que sai e o que fica.

Era o fim do dia e as crianças, felizes, brincavam com as vizinhas do prédio. Com eles tranquilos saí para me restaurar. Andava mesmo precisando mexer em qualquer coisa. Refletia sobre raízes, sobre o quanto gosto de sentir os pés firmes tocando o solo, esticar o tronco, me deixar crescer de um jeito em que…

Destacado

Sai de mim, forasteira!

A mordida não era profunda, mas as piores cicatrizes nem sempre estão na superfície. Ser atacada por um cão, com menos de dois meses de casa nova em Singapura, me tirou o centro. A lesão tocou em outro canto, atingiu meu novo mundo, no qual eu havia começado a sentir um aconchego, a cada dia…

Destacado

A estrada

A casa aberta, a sala quase vazia, o quarto desfeito, o desabrigo, o vazio, o cru, o selvagem, o potencial. O começar de novo. O espaço que convida ao silêncio, à reflexão, à gratidão, à admiração, ao respeito, à reverência. A escuridão que se solidariza aos fantasmas de toda uma existência, que aceita e afasta…

Destacado

Nuvem

Ando enfeitiçada, emburrecida, viciada no canto daquele bicho azul. Quando ele canta, fixo os meus olhos no mato. Me abasteço da esperança de vê-lo novamente. Passado um tempo percebo que deveria mesmo é estar em outro canto, ocupada com meus afazeres e volto à vida normal. Tento me distrair dele e enquanto tento imagino que…

Destacado

Aos meus mestres.

  Meus queridos filhos, Aqui em Bali ouvi dizer que quando chegamos ao mundo, puros, ainda sem tantas informações e defesas, estamos mais conectados ao que os hindus chamam de Karma. Ao longo da vida crescemos e vamos abrindo novas picadas, visitando as estradas abertas por outros e o Karma vai ficando, em grande parte…

Destacado

Terra pelada

Nos sentimos em casa no instante em que pisamos novamente em Bali. O jardim florescia e a horta estava repleta de Pok Choy, a couve preferida do Vicente. Ketut e Pak Gede (o jardineiro) nos esperavam com aquele sorriso de quem tem o coração sereno e uma vida com sentido. Os meninos correram para a…