By Ana Bemfica

Sou casada com Miguel, mãe de Lucca ( 12 anos) , e de uma linda salsichinha senhora, a Cuca ( 15 anos). Hoje moramos em Londres, mas já moramos antes 2 anos em Milão e 3 em Madrid.

Destacado

Sair do armário.

Mudei. Em 16 anos com Miguel, mudamos 7 vezes: 3 de país, 4 só de casa. Essa última foi de casa. Apesar de ter sido a mudança com a menor distância percorrida- continuamos no mesmo bairro, praticamente na rua de trás- sem sombra de dúvida essa foi a mais difícil que já fiz. São tantos…

Destacado

De: Cuca / Para: Cuca

Cuca nossa cachorrinha anciã escreveu uma cartinha para a Cuca da Bia .  Aí vai. Alô Cuca de Dubai, aqui é a Cuca de Londres. Eu também pensava que não tinha outra Cuca no mundo, que surpresa boa. A minha mãe e a sua – que soube ,se chama Bia Dale-  se encontraram aqui em…

Destacado

Outros bichos.

Tem coisa quando você decide morar fora, que  é difícil que alguém te conte. Até por bondade, porque já é tanto o que você vai encarar, que a intenção é não transformar a aventura num filme de terror. Uma das coisas que me dei conta que geralmente não falo, é que talvez o que mais…

Destacado

Cheio ou vazio?

Foi em uma  longa viagem de carro entre Madrid ,onde morávamos, e uma cidade na Toscana para passar um natal inesquecível, que me deparei pela primeira vez com o trabalho do autor dessa escultura . Era o final do ano em que tínhamos saído do Brasil para a Espanha. Primeiro fechamento de um período que nos havia…

Destacado

A arte imita a vida.

Quem se depara no meio da galeria Serpentine Sackler, aqui em Londres, com essa imagem, é capaz até de perguntar onde estão os pais dessa criança largada no carrinho? A primeira vista não imagina que é uma escultura de poliéster e fibra de vidro de Duane Hanson, um gênio do hiper-realismo. Elas são tão reais…

Destacado

Notting Hill tem carnaval.

“Você que é brasileira, me ensina a sambar?” Quantas vezes já escutei essa pergunta , e não é nada que eu me orgulhe: sou brasileira, não sei sambar. E agora, por onde eu começo a me explicar? Sou paulistana e,  na minha geração, o samba não fazia muito parte da cultura da cidade. Apesar de…

Destacado

Ganha/Ganha.

Competir, ganhar, destruir, marcar , são todos verbos usados com frequência em casa . Não só pelo fato de eu estar rodeada por dois exemplares humanos do sexo masculino durante boa parte do dia, mas também porque eles são loucos por esporte , como praticantes, como torcedores e expectadores. Desde que eu trabalhava com projetos…

Destacado

Alô…?

Lucca ganhou seu primeiro celular em Milão, com 10 anos, depois que a escola o deixou perdido na cidade por duas vezes, história que já contei aqui para vocês. Não foi uma decisão tranquila, e foi um processo com muitos acordos, porém ali se tornou necessário o celular. Era o mais simples de todos, fazia…

Destacado

Novo olhar sobre meu velho

Mês passado meu pai veio ficar conosco por três semanas. Faziam três anos que ele não vinha nos visitar, apesar de nunca passarmos mais de um ano sem nos ver, desde que saímos do Brasil. Quando ele me disse que viria mesmo, comecei a bater  palmas e  dar pulinhos do lado de cá do Skype, como…

Verão?

Sabe aquele conceito idílico de verão? Feche os olhos e visualize. Agora guarde, bem guardadinho, garanto que um dia você poderá precisar dele. Esse ano fizemos nossas férias de verão bem cedo: era tanta a vontade de escapar para o sol, que dois dias depois da chegada de meu pai aqui em Londres já voamos…