O que eu não sabia antes de ser mãe

Quando você não tem filhos e sonha em ter-los, todas as mães a sua volta contam a maravilha que é ser mãe. Os filmes, a publicidade, tudo ajuda a criar esta aura de paraíso sobre a maternidade. As revistas femininas dão dicas sobre como toda mulher pode ser perfeitamente uma super profissional, mãe exemplar e esposa perfeita. Mas tem algumas coisas que ninguém conta. Ah! Não conta mesmo! E eu vou aqui neste texto estragar um pouco esta maravilha. E vou contar algumas coisas que não sabia e que ando aprendendo na marra.

– Ser mãe, profissional exemplar, esposa amantíssima e dona de casa perfeita é um mito! Imagino que num universo tão grande de pessoas, acho que alguma deve existir. Não conheço. É muito complicado ter tantos frentes abertos. Algum vai falhar e se não falha, o estresse provocado por tentar manter todos no mesmo ritmo é desgastante demais. Se dedico tempo ao trabalho e aos meninos, minha casa é um desastre! Se me ocupo mais da casa, o trabalho se ressente. Não dá! É um equilíbrio frágil. Vamos tentando levar todos os frentes mais ou menos juntos, mas algum sempre fica um pouco para trás. A única coisa que sei é que os meninos são a prioridade. É agora que eles precisam mais de mim. O resto a gente vai encaixando, mesmo sabendo que casa brilhante e bem decorada não vai rolar. Um dia, quem sabe. E se o trabalho te exige muito e toma totalmente o tempo para os filhos, às vezes chega o momento em que nos vemos realmente obrigadas a optar. E não, não é uma decisão fácil.

– Por mais livros que tenhamos lido e por mais convicções que tenhamos sobre formas de educar, a gente aprende que algumas coisas não serão como imaginávamos. E muitas vezes nos vemos repetindo frases que nossas mães nos falavam, que jurávamos que nunca, em tempo algum repetiríamos. Para alegria de nossas mães e pânico de nós mesmas!

– Estar cansada é um estado normal.

– Amigos sem filhos nunca mais vão te  telefonar. Quem sabe no teu aniversário, mas isto é só uma vez por ano.

– Em algum momento, ou em muitos, você se sentirá a pior mãe do mundo. E vai ter certeza absoluta que teus filhos vão fazer 20 anos de análise e dirão que a culpa é toda tua. Ok. Teremos que conviver com isto.

– A última vez em que fiz a unha foi em agosto de 2014! Não falei que mulher-maravilha era um mito?

– Você entrará em conflito com teu novo corpo pós-parto, pós-amamentação, pós-comer todos os biscoitos de maizena das crianças, porque te entrou uma fome atroz.

– Você falará sobre as crianças. As pessoas te perguntando ou não. E tem que se controlar para não ser a mala do ano, contando todas as gracinhas que fazem teus filhos. Se não, aí que os amigos sem filhos não ligam mesmo. Nem no aniversário!

– Tempo livre é nosso maior tesouro! Nunca uma ida ao shopping sozinha parecerá tão maravilhosa!

– Você contará as horas para que o fim de semana acabe e possa descansar, indo ao trabalho.

– Antes pensava que luxo era hotel e restaurantes cinco estrelas. Agora sei que luxo mesmo, luxo nababesco é dormir até as 10 horas da manhã!

– As crianças provavelmente verão mais televisão do que você teria imaginado que permitiria. Por uma razão simples. Você precisa tomar banho, lavar a louça, escrever este texto…

– Ser mãe em outra cultura nem sempre é fácil. Precisa equilibrar o que você traz de casa com o que você encontra por aqui. Tudo muda: tipo de alimentação, o que pode e o que não pode fazer em casa, na rua, o que se aprende na escola.

–  Ser mãe longe de casa significa não contar com ajuda da tua mãe, irmãs, amigas da vida inteira. Faz falta e como!

– Não, você nunca se arrependerá de ter tido filhos. Nem quando  se dá conta que está há um ano sem dormir oito horas seguidas. Porque tudo passa. Como já li em algum lugar, uma das grandes verdades da maternidade é que as noites são longas, mas os anos são curtos. Passa. Infelizmente, rápido demais.

 

Foto: Bel Pedrosa.

Foto: Bel Pedrosa.

Comentários

  1. Realmente…ja perdi as contas do número de BBC’s(bodas,bautizos,comuniones) q fui sem fazer unhas,cabelos etc.Nao da,nao ha tempo q chegue p tudo isso! Mas,tudo bem, abstrai e segue em frente.No meu caso,segue correndo q ai na frente vao 3 impossiveis de alcancar!

Comentar