Viajando com bebês

Hugo com o primo Dudu no Rio Grande do Norte.

Hugo com o primo Dudu no Rio Grande do Norte.

A primeira vez que peguei um aviao com o Hugo, ele tinha apenas  dois meses. Estava ansiosa. Nao sabia como me viraria sozinha com ele.  E se ele chorasse a viagem toda? E se tivesse dor de ouvido? Como iria ao banheiro? Mas depois dessa viagem , em que tudo foi perfeito, viajar com as crianças entrou para a rotina e, mesmo sendo cansativo, eu recomendo. Muito bom poder tirar férias com os pequenos, principalmente se é para trazê-los para perto da outra parte da família.

Claro que viajar nunca mais será como antes. Até dá para ler um pouco ou ver algum filme, mas o mais provável é nao  relaxar muito, a nao ser em voos noturnos em que as crianças apagam. Mas ai a gente também tenta dormir um pouco. Em vôos diurnos o normal é passear pelos corredores, brincar, ver desenhos no tablet, comer, conhecer as outras crianças do aviao e  tirar uma soneca. Muita gente me pregunta: “ eles nao choram?” Claro que choram. Num vôo de 10 horas dá tempo de tudo. Até de chorar. Mas ok. É um momento, nao o normal. Outros me perguntam: “Mas nao incomoda os outros passageiros?” Talvez a algum, mas e daí? A mim também me incomda muita gente e eu nao reclamo. Já viajei com um grupo de amigos que foi a viagem inteira enchendo a cara, falando alto, impossível dormir. Já voei ao lado de uma menina que ao dormir caía sobre mim e por mais que a devolvesse ao seu assento, ela voltava a cair. Enfim, estar 10 horas fechado em um espaço exíguo é um saco mesmo, as crianças nao incomodam mais que qualquer adulto. E pelo menos as crianças têm a desculpa de que sao crianças. Se alguém nao pode tolerar isso, nao deveria sair de casa.

Atualmente as companhias aéras e os aeroportos melhoraram muito no atendimento aos seus pequenos passageiros. O aeroporto de Barcelona (nosso preferido) tem uma entrada exclusiva para pequenos. Muito bom passar sem pressas pelo raio-x, sem ninguem na fila fazendo cara feia, com gente que te ajuda a colocar o carrinho na esteira, que nao vê problemas em passar comida de bebês (tem um escaner especial para comidas). O aeroporto de Lisboa (nossa escala habitual para o Brasil) tem uma zona de jogos bem legal, que faz a escala mais suportável. Também a novidade do banheiro familiar, que tem uma cadeira especial para deixar o bebê com segurança.  Bem diferente dos aeroportos do Brasil. No aeroporto do Rio, nao tinha nem onde trocar uma fralda no embarque internacional. Uma vergonha! Espero que as reformas para a Copa tenham solucionado isso. E nos avioes, todos os bebês com menos de 10kg, têm direito a um berço, coisa que muita gente nao sabe. Basta pedir na hora da reserva.

Enfim, nao deixe de viajar por causa das crianças pequenas. Aliás, recomendo porque eles pagam bem menos (pelo menos até os dois anos). Alguns pequenos conselhos:

  • Menos é mais. Aprendi a viajar apenas com uma mala para mim e para as crianças. Se faltar alguma coisa, basta comprar. Ninguém está indo para o meio da selva. É bem melhor ter a mobilidade de uma só mala, que levar um monte de coisas que depois nao vai usar.
  • Levar comida de casa. Nunca vi uma criança que coma aquela coisa que servem nos avioes.
  • Todas as companhias aereas permitem levar o carrinho do bebê até a porta do aviao e te devolvem no desembarque. É uma mao na roda.
  • Presentear a criança com um brinquedo novo na hora do embarque é a garantia que ela estará distraida por pelo menos as próximas duas horas de vôo.
  • Confie da solidariedade dos companheiros de viagem. Tem muito mais gente que gosta de bebês que o contrario.
  • Se puder, evite viajar com companhias Low Cost com criança pequena. Elas nao ajudam nada. Criança nao tem direito nem a entrar antes se nao pagar um extra.
  • Para evitar a dor de ouvido, a recomendam dar o peito, chupeta, mamadeira, enfim, qualquer coisa que faça a criança engolir saliva.

 

E boas férias a todos.

 

 

 

 

Comentários

  1. Adorei Rosane, é isso aí. Ótimas dicas e de um jeito tão bacana e simples que vai estimular muita mãe a desbravar o mundo com seus pequenos. ;-D beijo grande e, por favor, tome uma água de coco por mim? Aproveitem!!!!

Comentar