Quando amizade e família têm o mesmo significado

Não é preciso morar fora para dar maior ou menor valor as amizades. Mas com certeza ela se torna ainda mais fundamental na vida de quem vive longe da família. São os amigos que estão também longe das suas famílias que se tornam nossos irmãos, primos, tios e fazem toda a diferença na adaptação da vida nova.

Tenho profundo agradecimento ao que a vida me trouxe desde que chegamos aqui em Lima. Fiz amigos que passaram ao meu lado momentos importantes, felizes ou tristes, como nascimento do meu primeiro filho (Sicas e Tuki, que viraram irmãos de alma e padrinhos do Guigo); o recebimento de uma noticia de um possível câncer no ovário, que GRAÇAS A DEUS não foi confirmada (Thais, jamais me esquecerei seu ombro naquela tarde); batizado de primeira comunhão de uma menina linda e doce chamada Duda a qual com orgulho fui madrinha, e todos os inúmeros encontros com conversas com choros e risos que quase configuram uma terapia. Sem eles a vida aqui seria outra, muito menos feliz com certeza.

Estar longe dos amigos que deixei no Brasil abriu um buraco no peito, que só não foi maior ao deixar a família. Parte desse buraco todo foi com toda certeza preenchida com a amizade companheira de pessoas especiais que passaram e, continuam a passar, pela nossa vida. Um simples café no meio da tarde acaba com a sensação de solidão porque até um simples café tem amor sobrando e sentimento de reciprocidade por estarmos vivendo a mesma sensação da expatriação.

Amigos do Brasil ou amigos daqui são tão importantes quanto a família. Mas são os amigos daqui que seguram na nossa mão quando tudo o que queríamos era o ombro dos nossos pais, são eles que se tornam a nossa família e por pouco não tem o mesmo sobrenome de tão grande o laço criado.

 

* Meu especial carinho e agradecimento às amigas e suas famílias, Luciana 1, Luciana 2, Sicas, Thais, Mari, Déia, Fernanda, Gi, Lari, Emilia, Manu, Fabi e todas as que com certeza virão para preencher nosso coração, que também foi expatriado.

Imagem

 

Comentar