Becoming Sinead…

Imagem

Quando tive o anúncio de que nosso desejo de picar a mula do Brasil fora realizado em Dubai, minha cara deve ter sido de puro espanto. Naquela hora, gostaria de ter nos olhos a função do iphone que vira a câmera do outro lado pra tirar foto de si próprio. Numa fração de segundo, neurônios estalando aqui dentro e pensei: “Parque Lage/Teresópolis/Natureza/Ar livre/Hippie /Desapego/nada disso, SOCORRO VAMOS MORAR NO BARRA SHOPPING!????”
Isso não se confirmou depois que viemos para uma visita rápida em setembro para reconhecimento e análise daquele que seria nosso novo lar. Exceto pela sauna com 4 meses de duração, todo o resto nos foi surpreendentemente adorável. Escolas fantásticas, supermercados de primeira, muita área verde, parques pra fazer piquenique, praia tranquila e etecéteras além dos shoppings que tanto me apavoravam.
Entretanto…
Ninguém nos avisou que esta água desalinizada que usamos para tomar banho faz com que a cada chuveirada, tufos e mais tufos caiam pelo ralo da banheira. (Logo eu que tenho mania de lavar a cabeça duas vezes por dia!).***Entendi!! Vai ver que por baixo da burca todas elas usam peruca? Será que existe um mercado negro que recolhe todo o cabelo que cai no ralo e faz as fantásticas perucas que elas usam e todos nós aqui achando que aquela vasta cabeleira negra era natural? Ora vejam só que caras de pau…!***
Elocubrações a parte, resolvi perguntar ao Gooráculo se essa água é corrosiva ou se o negócio só comigo. Um mercado se abriu…. Cremes, shampoos, condicionadores, óleos vegetais, medicinais, ancestrais, orgânicos, sem sal, parabeno, com extratos de tudo que se tem notícia, todos para evitar a queda das madeixas. Filtros especiais acopláveis ao chuveiro que prometem eficácia de noventa por cento na tarefa peruquenta. Acho que é nessa que eu vou. Ou então, assumo meu lado Sinéad O Connor (lembram dela? “It’s beem seven hours and fifteen days, since you took my hair away… aaaaaaaaaa) e ainda economizo uma grana. Que tal?

Comentários

  1. Bia, se te consola, deixei de lavar o cabelo diariamente para dia sim, dia não. Excesso de cal na água. Meus cachos se transformaram em um cabelo boi lambeu. E beber nem pensar!

  2. Bia, tenho que te falar duas coisas: a primeira é que aqui rola a mesma dificuldade. Eu agora uso um shampoo da Ducray – Extra-Doux, que deu uma segurada. É caro, mas ajudou. A outra coisa é que agora passo o dia cantando “Ohoho..”. É só abrir o blog e dar de cara com a foto da Sinead e pronto, a música fica. Que bom que o assunto não era Galinha Pintadinha….;-)

  3. Xi, gente… Aqui em Pequim, o cabelo também cai e a água deixa o cabelo meio duro. Dizem que é por conta do calcário na água. A gente sai do banheiro sentindo uma areia fina no corpo e os copos e a louça ficam meio manchados. As roupas já eram.. Ficam cada dia mais puídas…. Boa sorte!

Comentar