新年好 (Xīnnián hǎo) – Feliz Ano Novo

Image

Apesar da proibição do governo temendo aumento da poluição, essa semana fomos brindados todas as noites com um pipocar de fogos de artifício que entra pela madrugada adentro. A tradicional barulheira serve para espantar os maus espíritos, mas também espanta o nosso sono e só vai terminar depois do dia 31 de janeiro, quando se comemora o ano novo chinês.

A diferença entre os calendários oriental e ocidental faz com que a data de início de cada ano novo chinês caia a cada ano em uma data diferente do calendário ocidental. Começa na noite da lua nova mais próxima do dia em que o sol passa pelo décimo quinto grau de Aquário, seja lá o que isso for. Como é o feriado mais importante para os chineses, pode-se considerar mais uma ou duas semanas de férias que servem para dar tempo de reunir a família para as comemorações. 

Image

Ano do cavalo

Os chineses relacionam cada novo ano a um dos doze animais que teriam atendido ao chamado de Buda para uma reunião. Apenas doze se apresentaram, e como agradecimento, Buda os transformou nos signos da Astrologia chinesa. O cavalo, um dos animais preferidos dos chineses, é um deles, pois leva as pessoas onde elas querem estar, seja transportando-as, como inspirando-as para conquistar o sucesso profissional. Por isso, o clima de animação é geral.

Além disso, associa-se o animal aos cinco elementos tradicionais chineses: metal, água, madeira, fogo e terra. Esse ano é o ano do cavalo de madeira, o que promete um ano de mudanças, descobertas e renovação.  Basta ver outros anos regidos por esse animal: 1918 – Primeira Guerra Mundial, 1930 – Grande Depressão, 1942 – Segunda Guerra Mundial, e 1966 – Revolução Cultural Chinesa.

Image

É nessa época que os chineses distribuem presentes, em geral, comidas e bebidas de cor vermelha. Aqui em casa já ganhamos tâmaras chinesas (o sabor não agradou, é bem diferente das tâmaras do oriente médio, então, passei adiante para a ayi, que ficou super feliz), e também vinho tinto e duas caixas imensas de morangos que comemos até enjoar e ainda sobrou pra fazer três potes de geleia.

No dia do ano novo, também deve-se vestir roupas novas e vermelhas, cor que espanta os espíritos malignos e a má sorte, além de atrair a fortuna.

Na escola das crianças, a data é comemorada com uma peça de teatro em chinês e as crianças devem ir vestidas de vermelho ou usando roupas tradicionais chinesas. Aqui em casa, elas optaram por vestir vermelho já que não são muito fãs dos qipaos, que “apertam o pescoço”.

Também é no ano novo que os chineses recebem o hong bao, um envelope vermelho com dinheiro. Espera-se que os patrões deem aos seus funcionários o equivalente a um salário, como se fosse um décimo-terceiro. Mas, se você achar que deve, envia um hong bao para os funcionários da escola, do clube, do condomínio e por aí vai. Parece um pouco com o Brasil no fim do ano, com todos os entregadores e carteiros pedindo um extra.

E como ano novo significa tudo fechado em Pequim, a família Firinfinfim levanta âncoras e parte rumo ao Sol para 10 dias entre Singapura e Tailândia. Tento contar histórias e mandar fotos de lá.

Feliz Ano do Cavalo!

Comentários

Comentar